/*cookies*/ /*em personalizar-avançadas-css tem mais partes. Bolachas/

sábado, 19 de agosto de 2017

Amoras silvestres

Amoras silvestres
Escurinhas
Tão docinhas
À beira da estrada
Umas pequenas
Outras grandinhas
Umas vermelhas
Outras já madurinhas
Preto e vermelho no meio do verde
As folhas podem esconder, mas há espinhos até não mais poder
Cuidado com eles, pois ao contrário das rosas
As silvas são matreiras e silenciosas
Não só com os espinhos nos devemos preocupar
Existem plantas venenosas que te tentam enganar
São cópias, imitações
Que ao contrário de frutos bons e deliciosos
Levam para o hospital insensatos e gulosos
À beira da estrada estão silvas
Cheias de espinhos protetores
Protegem o que têm de mais importante
Os seus maiores tesouros
Frutos da sua vida brilhante

Sem comentários:

Enviar um comentário

A sua opinião é sempre importante! ^-^