/*cookies*/ /*em personalizar-avançadas-css tem mais partes. Bolachas/

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Interrogo-me

Quando era criança tinha muitas perguntas
Umas mais pertinentes
E outras inconvenientes
Tudo era válido para participar na corrida da descoberta
Com o tempo foram surgindo respostas,
Algumas complexas e confusas
Ou então óbvias e simples
E assim ia correndo, e assim ia descobrindo
Se em criança julgava que as questões idiminuiriam com a idade,
Enganava-me seriamente
Já que hoje questiono-me ainda mais
Por cada resposta recebida, ofereço duas perguntas
A meta é longínqua
Talvez inalcançável
No entanto, eu corro e tu corres
Toda a gente entra nesta corrida
Diariamente descobrimos factos adicionais
Suspeitas que se vão montando e sintetizando conclusões
Interligando todos os conhecimentos
Formulando o nosso ser e a nossa mente
Todos os dias avançamos no percurso, não o podemos negar
Mesmo assim, provavelmente será ímpossível terminá-la
Muitos se dão como perdidos no caminho
Mas o que eles não sabem, é que não estão tão perdidos,
Pois o rumo certo não está devidamente definido
E desta forma continuamos a correr
Involuntariamente alcançamos o saber

Sem comentários:

Enviar um comentário

A sua opinião é sempre importante! ^-^