/*cookies*/ /*em personalizar-avançadas-css tem mais partes. Bolachas/

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Tudo bem...

Tudo bem em sentir que estamos para baixo. Nem sempre estamos no nosso melhor. Tudo bem. No momento em si, é horrível, e parece que não há esperanças. Calma, respira fundo. Pode demorar até que tudo se componha, mas vai acontecer. Mesmo que sejam momentos instáveis, certamente, em algum instante, irá melhorar.

Dói, sufoca e aperta, arrasta-nos por um poço que parece não ter fim. A mágoa teima em ficar, em te assombrar, mas, mesmo que se alongue muito, chegará a um certo ponto em que ela vai embora! ... E depois volta ... Num ciclo vicioso, onde sofremos, ela ri de nós, pois é disso que ela gosta. Porém, será que gosta mesmo? Talvez não goste. Talvez a Mágoa tenha valores e não goste da sua função, talvez ela saiba que aquilo que nos faz causa Sofrimento. E talvez, só talvez, também o Sofrimento se odeie pelo seu trabalho e sofra por causa disso. Enfim, o que é que estou para aqui a dizer?

Certo, reconheço-o.
É desesperante.
Eu própria desespero.
E muito.

Dizer a alguém que "mais tarde ou mais cedo irá ficar tudo bem" quando nós próprios estamos num período "bom", é um pouco... Hipócrita? Não era sobre isto que tencionava falar. Mas a verdade é que, normalmente, quando estamos mal, é quase impossível ter esse tipo de pensamentos. Falo por mim. É raro quando tal acontece. Só começo a pensar assim quando reconheço que estou num estado complicado e até eu já me cansei disso, procurando mudar. Mas se não for nessas alturas, acho que só me deixa pior, porque fico impaciente, não percebo porque é que a dor não se vai embora, e não consigo alterar o meu estado, parece que me forço com sentimentos falsos, que não sinto -- o que me deixa extremamente pior, pois reconheço que estou mal, a prejudicar-me a mim e aos outros, e não consigo mudar.

Não é mentira, em algum momento as coisas melhoram, nem que seja um pouquinho, e já é bom! Mesmo que depois retornemos ao mesmo...  
O pior de tudo é quando retornamos ao nosso pior estado, numa altura em que estamos no ápice do nosso melhor.
E a vida deixa de fazer sentido.

No entanto... Isto devia ser uma postagem motivacional. Falhei miseravelmente.
Perdão por isso.

Sem comentários:

Enviar um comentário

A sua opinião é sempre importante! ^-^